RSS

Eles III – Get out of town

Inquietação. Sozinha numa madrugada de sábado. No som a música me faz um alerta” Get out of town before it’s too late
De repente me sinto pequena. Preciso me expandir. Quase sufoco nesse excesso de mim mesma. Presa na minha própria paisagem.
A vida me chama, me grita. Quase me chacoalha.
Tudo parece fora de lugar e eu me sinto bagunçada, desconectada, errada.
E aí eu entendo mais uma vez que não posso esquecer, não posso simplesmente deixar pra lá.
E é por isso que eu não paro. Vou atrás do que me queima. Do que me faz viva e inteira.
Porque a vida tem que ser mais que isso. A vida É mais que isso. Eu sei.
A vida é quase mágica para ser só aquilo que eles dizem ser “normal”.

Para ler ouvindo:

 

Tags:

Fardo

Sou das paixões platônicas, dos homens difíceis, dos amores impossíveis
Da imaginação, do calor da emoção e do coração acelerado
Do desafio, dos caminhos tortos e sentimentos tortuosos
Do que me tenta e desorienta
Do que me chama, do que me inflama

Meu amor é desmedido, feito de entrega e conquista
Sigo um instinto primitivo e passional
E só o impulso do desejo me fala
Porque amar demais é o fardo que eu tenho que carregar
E eu preciso dessa idealização para poder suportar

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16/03/2014 em Bia Saltarelli

 

Tags:

Gula

Tem dias que eu tento escapar, me proteger e me defender de mim mesma. Me defender dessa alma que não sossega, não se conforma e não se modera.
Moderação é para covardes, eu penso.
Às vezes pareço duas ou três ou mais.
Tem dias que sinto me afogar em tantas emoções. Inquietações, questionamentos e insatisfações. Minha cabeça não para. Nem por um segundo. E penso mais uma vez: E se eu fosse outra? Mais certa, mais suave?
Eu não poderia suportar.
Porque o que me mantêm viva é a sede inesgotável, a vontade, a busca que nunca cessa. E essa tal de vida ainda me desperta uma paixão insaciável. Sou gulosa, quero tudo e quero tanto. Por dentro eu incendeio.
Justo eu que nasci num signo de terra tenho a alma feita de fogo. E nas minhas veias não corre sangue, mas lava, como um vulcão.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 11/03/2014 em Bia Saltarelli

 

Tags:

Não é mais um blog de moda!

Detalhes em: http://biasaltarelli.com/about/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 09/03/2014 em Bia Saltarelli

 
 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 222 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: