Palavra de mulher: Bia Granja

”Uma pessoa que está tuitando quando deveria estar trabalhando… ou vice-versa!”, é assim a autodefinição de Bia Granja (@biagranja) que é curadora do youPIX, curadora da SMW São Paulo (Social Media Week) e co-curadora da Campus Party. Bia é uma das pessoas mais influentes na área digital aqui no Brasil e nessa entrevista ela nos ajuda a entender um pouco mais sobre a cultura de internet e como isso reflete na nossa vida.

Como começou seu envolvimento com a internet e como surgiu a idéia do youPIX?

Eu nunca fui nerdona e só comecei a “mexer” com internet lá pelos anos 2000. Desiludida com o mercado de Turismo (eu cursava isso na faculdade), fui atrás de trabalho e encontrei em uma incubadora de projetos de internet. Foi aí que conheci o Google e as maravilhas da web. Passava o dia fazendo busca de tudo quanto é tipo: canguru, rios da índia, como usar panela de pressão… enfim, tudo me encantava. Só muito tempo depois, em 2006 e em outra empresa, que surgiu o youPIX. Primeiro como uma revista impressa e só a partir de 2009 com os eventos que são o carro chefe da marca hoje.

O que você define como cultura de internet?

A cultura de internet é a expressão do jovem de hoje em dia. A internet nos deu ferramenta e poder pra produzirmos conteudo e nos expressarmos livremente. O produto desse empoderamento é a cultura de internet: o conteudo, as girias, as expressoes, as linguagens, os personagens, os memes, os comportamentos. Tudo isso criado ativamente por todos, de maneira colaborativa, interativa, frenética, visceral.

Já vi pesquisas dizendo que a mulher interage mais nas redes sociais. Isso é verdade? Por que você acha que isso acontece?

Eu também já vi! :)) As mulheres são seres naturais e agregadores por natureza. Gostamos de conversar, gostamos de criar laços, gostamos de criar conexões… quando surge uma ferramenta especialmente pra isso, faz sentido que a gente se aproprie dela com mais vontade.

Como você acha que a internet e as redes sociais influenciam no lugar da mulher na sociedade?

Fiquei pensando muito sobre como responder a essa pergunta. Imagino que a resposta cliche seria falar sobre o quanto a internet dá voz, expressao, conexao e oportunidade de compartilhamento pras mulheres. Mas eu acho que ela dá isso pra todo mundo, pra qualquer “minoria” (super entre aspas), pra qualquer causa, pra qualquer pessoa, e essa é a beleza da coisa.

Hoje vemos um mundo cada vez mais “digital”, no qual a internet é peça fundamental da cultura e das sociedade. Quais os impactos você imagina que a internet ainda irá causar? Acha que uma hora teremos uma “pausa” nesse excesso de informação ou a tendência é que isso aumente cada vez mais?

O mundo não é só cada vez mais digital, ele é cada vez mais conectado. Estou muito ligada hoje em dia com o que chamam de cibridismo. Com nossos celulares com 3G sempre nas pontas dos dedos, estamos nos tornando seres ciber-híbrididos e a barreira entre o on e o offline está caindo. A conexão pauta cada vez mais nosso comportamento no mundo, teoricamente, offline e já causou uma série de mudanças na maneira como a gente se relaciona, vive, consome e compartilha coisas. A medida que mais e mais pessoas ficam online 24/7, o excesso de informação só tende a aumentar. O que eu acho que vai acontecer é que nos ajustaremos a isso criando filtros e aprendendo o que é relevante ou não.
Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. aline disse:

    Bacanérrima a entrevista!!!Adorei!

    Curtir

    1. Também adorei! Minha xará é ótima!! rsrs
      Essa parte das entrevistas é uma das seções que mais gosto! ;)

      Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s