Ainda

E aí quero ler todos os livros da minha estante
Usar um salto alto
E experimentar um novo batom vermelho
E me sinto boba e fútil
Nesse caminho incerto
Sigo meu destino desconcerto
Mas pareço tão pequena
Perto de tudo que almejo
O mundo me chama
A vida me exige
E ainda me sinto presa
Por vezes menina num corpo de mulher
Numa cabeça de mulher
Num gozo de mulher

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s