Fornalha

Eu que nasci em signo de terra mas tenho a alma feita de fogo acho que vivo no meio de uma fornalha. Um caos de afetos, amores e delírios. Vivo por um sentimento que corrói. Sou criatura selvagem, como bicho que não pode ser domado. Devorada e desmembrada apenas por emoções. É que meu desejo não vem do corpo. Tenho essa alma inflamada e a mim não resta outra saída senão seguir os impulsos. Ora, eu não posso negar se meu corpo pede mais. Se tudo em mim quer sempre mais. Humanamente mulher. Instintivamente humana. Irremediavelmente entregue.
Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s