Censurado

Como aquele dia em que eu disse pra ele que meus pensamentos eram censurados. É que ele não sabe dos meus anseios. Não sabe do meu desejo de tê-lo comigo e sentir também o desejo dele por mim. Sentir a necessidade do meu corpo me dizendo querer mais, enquanto ele insiste e eu me esquivo. Sentir o toque das mãos, os corpos colados e os lábios se encontrarem. É que ele não imagina a minha vontade de me perder nesse jogo; de corpos, de desejos urgentes, de vontades insaciáveis e sentimentos ardentes. De me sentir dona de mim sendo toda dele: toda entregue a ele.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s