Vermelho

É que ele não sabe.
Não sabe que eu pinto os lábios de vermelho para acalmar meu coração inquieto.
Ele nem mesmo sabe desse coração tão inquieto.
Não sabe dos abismos que acompanham os meus textos.
Ele não sabe do que eu escrevo pra ele. E nem sabe me ler pra me entender.
Não sabe que os livros são meu refúgio.
Ele não sabe de quando eu pego no sono com um livro nos braços.
Não sabe que preciso de uma explicação ou apenas um abraço.
Ele não sabe das emoções que transbordam em mim.
Não sabe do preço que eu pago por ser intensa e perturbadora.
Ele não sabe do meu desassossego.
Não sabe do meu desejo de desejar.
Ele não sabe da minha necessidade de amar.
Ele não sabe
Não sabe de mim e eu não sei dele.
Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s