Feroz

Ninguém sabe que eu choro. Choro baixinho antes de dormir. E que sou aquela que tem os olhos secos e o coração cheio de lágrimas. E que só não choro mais para não borrar a maquiagem. E que minhas noites de insônia vem por tanta vontade de me sentir viva. Mas eles não entendem e nem mesmo se importam. Só dizem pra me conformar, pra aceitar e viver uma vida normal. Pra colocar os pés no chão e dar um jeito de ganhar dinheiro. Mas minha alma não deixa. É temperamento que ninguém suporta. É personalidade que não sabe conviver com uma existência tão rasa. É amor e emoção que não cabem dentro do peito. Que pedem mais, que desejam mais. E no desejar tanto só querem o mais simples. É que no fundo sou apenas mulher. Talvez histérica como diria Freud. Talvez feroz como bicho encurralado.  

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s