Só o que eu queria…

Eu queria acreditar, pelo menos por um momento, que, se você soubesse desse desatino voltaria correndo. Eu queria acreditar que, se de fato soubesse como me fez sentir, nunca teria tido coragem de ir embora de maneira tão covarde. Eu queria que você pudesse sentir o calor do meu corpo mais uma vez, mas queria, antes de tudo, que soubesse que, depois daquela noite eu só me senti qualquer coisa. Qualquer coisa que se joga fora. Qualquer coisa insuficiente. A vida me apresenta mil outras possibilidades e eu ainda queria que você pudesse ser o homem que eu preciso. Só queria que pudesse estar mais perto; muito além daquela playlist e dos livros que eu leio.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s