Violência

Eu nunca havia sentido tanta saudade.
Vontade.
E nesse desespero ainda me vem à cabeça a frase do meu (ops!) NOSSO filósofo preferido: “meu coração ainda corre ao teu encontro com demasiada violência.
Violência.
Tudo em demasia.
Urgência.
Sufoco.
Falta de ar.
Desejo.
Carne.
Humano. Demasiado humano.

 

 

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s