Porta Retrato

Final de tarde de um feriado no meio da semana.
O porta retrato vazio na estante do corredor escancara toda essa falta.
Por um momento achei que seria você.
Que seria forte o suficiente para preencher esse vazio.
Que seria diferente para aguentar este fardo que sou.
A solidão assola.
Tua presença é que me faz falta.
Quando os dias eram mais leves
e os finais de semana eram doces.
A vida começou a amargar;
mas o “show de todo artista tem que continuar”.
O tempo é cruel.
Distância.
Tão longe.
Tivemos tão pouco tempo;
tantos sonhos ainda por realizar:
a viagem que planejamos fazer;
aquele seriado na Netflix que não terminamos de assistir.
Será que não se importa mais?
As lembranças começam a se tornar turvas:
nada mais do que alguns flashes.
Cansei de insistir, mas…
o meu peito ainda aperta, quer voltar;
e você insiste em se afastar.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s